terça-feira, 9 de julho de 2013

Ele é a doce e singela canção que ecoa nos meus ouvidos quando chega a madrugada. Ele é a onda de pensamentos que me assombra à meia noite; mas ele também é o conforto de uma cama banhada com o seu perfume carregada dos mais sinceros e puros sonhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário