domingo, 19 de abril de 2015

Eu quero gritar o meu amor
Pichar nos muros da cidade,
Nos portões da Mocidade

Declarar que o que eu sinto
É tão lindo, eu não hesito
Suas vontades passeiam por minhas veias

Você me emboscou no
Carinho das suas teias

ps:. brega e interminável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário